2 de mai de 2010

The Lady in the Tower, Alison Weir, 2009

Baseada em fontes primárias, a obra de Alison Weir se diferencia tanto pelo valor literário quanto pelo trabalho de historiografia. Este livro (ao qual tive acesso no formato de audiobook) tem foco no período que vai da morte de Catarina de Aragão até a decaptação de Ana Bolena, investigando as forças que provocaram a sua queda. A autora desmascara concepções erradas e elabora hipóteses com cuidado minucioso. Foi uma "leitura" muito agradável e a forma como os acontecimentos são narrados, indo e voltando na linha do tempo para estabelecer relações de causalidade, tornou o livro muito mais interessante.




As próximas obras de Alison Weir que quero conhecer:

- The Lady Elisabeth
- Eleanor of Aquitaine
- Queen Isabella: Treachery, Adultery, And Murder in Medieval England
- Katherine Swynford
- Innocent Traitor
- Children of Henry VIII

Diferente de Jean Plaidy (da Saga Plantageneta), Alison Weir trabalha mais com a não-ficção, preservando as informações histórias. A parte ficcional da Saga Plantageneta foi o que me desanimou a continuar até o último volume... Vamos ver de Weir consegue me manter interessada.

2 comentários:

  1. Como foi a narração? Já peguei audiobooks muito bem legal e outros muito malas. O que achou?

    ResponderExcluir
  2. Adorei a narração deste livro... Se bem que sou suspeita, porque sou viciada em audiobooks heererere... O melhor que ouvi até hoje foi a narração para Harry Potter feita pelo Stephen Fry. A gente acostuma e depois não aguenta mais tradução...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails