15 de jul de 2010

Eat, Pray, Love - Elizabeth Gilbert

Motivada pelo filme com a Julia Roberts (que estou querendo assistir), li "Eat, pray, love" e entendi o motivo do sucesso do livro, principalmente entre as mulheres. Resumindo, Liz Gilbert passa por um período de grande instabilidade emocional depois de um conturbado divórcio e relações amorosas destrutivas. Atormentada pelos problemas, depressão e ansiedade, ela decide largar tudo e partir em uma jornada. Na Itália ela se entrega aos prazeres da comida e da boa vida. Na Índia ela inicia uma jornada espiritual. Em Bali conhece novas facetas da vida amorosa. A narrativa é bem construída, sem ficar enfadonha, e as pessoas que Liz vai conhecendo em seu percurso, assim como as experiências, fazem a leitura valer a pena. Apenas uma parcela ínfima das mulheres "infelizes" deste mundo podem se dar o luxo de passar um ano viajando. Mas o livro gera um certo grau de reconhecimento em muitas mulheres, principalmente na crítica fase que começa aos 30 anos (e não, não estou nela ainda). O livro é legal e o filme pode ser também uma boa surpresa. Ah: Para constar, não é um livro "mulherzinha". Pode agradar aos rapazes também... Ah2: está disponível em audiobook.

2 comentários:

  1. eu estou querendo ler esse livro,mais estou com uma lista tao grandinha que to adiando.
    E o filme deve ser muitoo bom mesmo,beijao.

    ResponderExcluir
  2. já viu o filme? ainda não consegui...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails