7 de set de 2010

Cinema 3D: O último mestre do ar e Como cães e gatos II

O feriadão foi de chuva, então ontem encaramos duas sessões 3D. As opções não eram as melhores. Vimos "Como cães e gatos" e "O último mestre do ar".

Como cães e gatos II
Eu só assisti porque fizemos uma votação. 3 a 1 contra e lá estava eu, versão dublada para tornar a experiência mais surreal herere... Umas criancinhas engraçadas sentaram por perto e passei o filme rindo das piadas fracas e da reação delas. O filme explorou muito pouco o 3D. Entretanto, foi uma sessão da tarde em 3D em um dia nublado. Deu para relaxar a cabeça, mas no fim tava doida para acabar.

O último mestre do ar
Eu já tinha visto (sem ser em 3D). Como já sabia dos problemas do roteiro fraquíssimo, foquei na qualidade técnica e também me decepcionei. Deve ser porque na semana anterior tinha assistido "Os mercenários" e estava com boas cenas de luta frescas na cabeça. A abertura promete, com efeitos belíssimos, mas depois o 3D vai perdendo lugar e se torna meio irrelevante. Não consegue nos transportar para a tela. O roteiro não adaptou bem o desenho em sentido algum! Há cenas até bem ridículas e os personagens não convencem. Mas não foi tão ruim quanto A dama na água. Shyamalan vai de mal a pior... Qual será o próximo fiasco?


O fato de Avatar ter sido o primeiro filme que vi em 3D pode ter elevado meu grau de exigência, mas não pude deixar de notar que nestes 2 filmes que vi no feriado os recursos 3D foram bem limitados, e as animações dos trailers pareceram bem mais interessantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails