2 de jul de 2011

10 coisas que odeio em livros


Esse texto estava pronto há um tempo, junto com outros. Mas na minha indeterminação sobre ficar no blogger ou migrar para o wordpress, acabei deixando as postagens de lado. Por hora ficaremos por aqui mesmo ;)

Nos últimos meses tenho tentado ler e escrever com mais disciplina. Isso me fez gerar uma listinha de coisas que me incomodam profundamente nas publicações mais recentes, geralmente no gênero fantasia.

Eis minha lista com 10 coisas que me fazem abandonar um livro.

1) Filosofia de botequim.
2) Diálogos inúteis.
3) Prólogo, citações ou embromações.
4) Narração em primeira pessoa exagerando na coloquialidade.
5) Título pretencioso, ou simplesmente ridículo.
6) Muita “contação” de história.
7) Linguagem “engomadinha”.
8) Incontáveis advérbios. Depois que os descobri, eles saltam na página e me irritam.
9) Nada acontece.
10) Argumento pouco convincente.

Está cada vez mais difícil terminar um livro. A competição com outras atividades é grande demais, e esses 10 fatores aí são um grande obstáculo assim que começo a leitura.
E você? Já parou para pensar no que mais odeia em livros de ficção? Conta aí…

6 comentários:

  1. Depois de um longo e tenebroso inverno... feliz retorno às postagens! Quando ao endereço, não é por nada não, mas prefiro o blogger.

    Bom, eu me identifico com o que você disse no texto. Em livros de literatura, realmente um prólogo (principalmente se for longo) pode atrapalhar muito, bem como linguagem engomadinha, diálogos inúteis e a narrativa soporívera e estática. Com base nisso que você escreveu, acho que vou elaborar uma lista de livros que mais me desagradaram, ou algo assim.

    Sua lista é boa. E ela se aplica tanto a livros de ficção como a de não-ficção.

    ResponderExcluir
  2. No caso de não-ficção, sou mais tolerante. Mas ficção tem que ser viciante, tem que prender do começo ao fim. :D

    Ps: O ano tá passando rápido e qdo me dei conta mais de três meses sem postar me deixaram envergonhada!

    ResponderExcluir
  3. Oi Renata, sou devoradora de livros, adoro ler, mas com certeza tem uns livros que não da pra terminar de ler mesmo. Agora estou lendo um livro incrivel, chama-se A vida de Cornelius Vanderbilt. E um livro de 700 paginas com nomes, endereços, fotos, passagens politicas, historicas, dramas, corruptação. Para mim é um livro fantastico que conta a historia desse homem incrivel baseada na Nova Iorque de 1800. Abraços

    ResponderExcluir
  4. Que dica boa ;) Ano que vem vou a NY, então com certeza esse livro aí vai entrar na minha lista de "preparativos" herrere...

    ResponderExcluir
  5. Oi Renata. Então, volta e meia me pego lendo clássico de autores que gosto repetidamente com medo de tentar um nome novo e cair exatamente na sua lista. O que mais me irrita são diálogos que não tem função no enredo total da história: Tipo disse para encher linguiça ali. Dei uma olhada nas minhas últimas compras e tirando o Game of Thrones, o resto dos são todos não-ficção. Tá difícil. =)

    ResponderExcluir
  6. Isso porque, estando no Japão, vc nem deve se arriscar a ler a literatura brasileira. Essa então, quando tenta ingressar no território da fantasia, fica intragável...

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails